RSS

Gruta-Londrina

Rua Benedito Gonçalves da Silva, 389 – Jardim Santa Madalena

Londrina – Paraná – Brasil  ( No terminal,   ônibus 312)

                                           

informações: 

CLEONICE: 0XX43-3327-1367                                                                                         MARILENE: 0XX43-3322-5337                   TERESA: 0XX43-3323-4836

                                  

Ao divulgar essas mensagens, não queremos de modo algum nos antecipar ao juízo definitivo da igreja e,  por  isso, docilmente nos submeteremos às suas decisões oficiais

História das Aparições de Nossa Senhora à Patrícia

 Em 02 de junho de 1996, Patrícia, na época com 12 para 13 anos, foi com sua mãe a Coroação de Nossa Senhora, na Igreja dos Cinco Conjuntos, um bairro próximo a sua casa. Ao chegar, embora não sabendo rezar direito, começou a acompanhar a oração do Terço com as pessoas que ali estavam.

Ao rezar uma Ave Maria, uma forte luz branca tomou conta do lugar e na frente da imagem de Nossa Senhora de Fátima, surgiu sobre uma nuvem, uma linda mulher vestida de azul. Esta, olhando para Patrícia, sorriu, pediu-lhe que rezasse e prometeu que voltaria. No dia seguinte, quando assistia à missa na igreja de seu bairro, Igreja de São Tiago Apóstolo, Nossa Senhora apareceu novamente no altar. Surpresa, sem entender o que estava acontecendo, Patrícia foi com sua mãe procurar o Padre Giovanni Mezzadri e contou-lhe sobre a visão. Ele deu-lhe uma garrafa com água benta e orientou-a que a jogasse sobre a visão, quando esta aparecesse, e ainda, perguntasse o que queria, pois Patrícia não sabia tratar-se de Nossa Senhora.  Ela assim o fez. Ao jogar a água benta, Nossa Senhora sorriu e ao perguntar-lhe quem era? Ela respondeu: “Eu sou a Mãe de Jesus, reze o terço e confesse.”

                       

As aparições, nessa época aconteciam quase todas as vezes que Patrícia rezava o terço em seu quarto. Nossa Senhora, em silêncio, a acompanhava com seu terço luminoso nas mãos e assim Patrícia aprendeu a rezar. Pe. Giovanni, sempre atento ao que Patrícia ia lhe contando, começou a acomanhá-la dando-lhe discernimennto até ir  para a Itália. Um grupo de pessoas continuou a rezar em sua casa. Numa das aparições, Patrícia perguntou a Nossa Senhora, como gostaria de ser chamada naquele local. Ela respondeu que gostaria de ser chamada “Mãe da Graça”.

                                                                         

No dia 01 de novembro de 1997, durante a oração do Rosário, Nossa Senhora pediu que fosse construída uma gruta em frente da casa de Patrícia e deu-lhe a visão de como deveria sê-la. Em janeiro de 1998, conforme havia prometido, Nossa Senhora abençoou a gruta e a água, para que através desta, aconteça a cura do corpo e principalmente a conversão do coração. Nossa Senhora, através das mensagens, tem nos ensinado o caminho que leva a santidade. Por algumas vezes, deu a Patrícia a visão do céu, do purgatório e do inferno, para que divulgasse a existência desses três lugares, pois muitos não acreditam. Esta descrição está documentada em filmes, folhetos e DVDs.

 

Abundantes graças tem acontecido. Dentre tantas, o mel que verte das rosas. Este mel foi colhido e examinado na Universidade Estadual de Londrina, a pedido do Pe. Ramiro Gutierrez, na época diretor espiritual, nomeado por D. Albano Cavallin, Arcebispo de Londrina, cujo resultado encontra-se anexo aos documentos da gruta. Nossa Senhora nos diz que o mel é para nos ensinar a amar e sermos dóceis. Este mel tem curado, convertido e ficará para sempre na gruta, mesmo quando as aparições terminarem, pois será o sinal da presença de Nossa Senhora entre nós. Atualmente, o mele continua vertendo em vários dias de oração.

 

Durante  todos esses anos (16 anos), Patrícia recebeu a Eucaristia, por dezesseis vezes, sendo quatorze delas foram visíveis e estão gravadas e eternizadas em filmes, cujos originais já foram encaminhados para serem examinados por peritos da Polícia Científica do Paraná.

 

(Patrícia, de joelhos, no início do Santo Rosário)

 

Quaisquer palavras para descrever esses momentos ficarão aquém dos sentimentos vividos por cada pessoa. Durante esses 16 anos, Nossa Senhora tem feito fortes apelos em suas mensagens, entre eles:

 

– Apelo à conversão da humanidade, pela paz no mundo, pela união das famílias e pelos jovens;

– Oração do Santo Rosário, diariamente, com o coração;

– Jejum: praticá-lo às quartas e sextas-feiras a pão e água, como o coração;

– Penitência e sacrifício: oferecer em reparação dos pecados cometidos;

– Confissão: fazê-la, se possível, mensalmente;

– Participação da Santa Missa:, se possível diariamente, com comunhão;

– Adoração: Jesus encontra-se vivo e presente em todos os sacrários da Terra;

– Leitura da Bíblia: leitura de pequenos trechos, vivenciando-os;

– Evangelização;

– Amor a Deus e aos irmãos;

– Prática do silêncio;

– Clamor ao Espírito Santo;

– Vida em santidade; abandono do pecado;

– Consagração ao Seu Imaculado Coração;

– Obedecer os mandamentos;

– Vivência de suas mensagens;

                      

 (Proclamação do Santo Evangelho, antes do Santo Rosário)

 

 

(Patrícia, em êxtase)

 

 

(Patrícia, após a aparição)

 Durante todos esses anos, os servos da Gruta Mãe da Graça, assim como Patrícia, caminham juntos com a Igreja, aguardando docilmente das decisões oficiais. O Vaticano está acompanhando as Aparições da Gruta Mãe da Graça em Londrina, Paraná, Brasil, assim como as Aparições de Nossa Senhora em Medjugorje, Bósnia-Herzegovina.

Tive a oportunidade e a graça de ir a Medjugorje, onde experenciei profundamente a presença de Nossa Senhora naquele lugar; não sabia que aqui no Brasil, tão pertinho de nós, a Mãe também está vindo, com a mesma mensagem, com os mesmos pedidos. Através da visita à Gruta Mãe da Graça, posso testemunhar a profunda experiência que lá vivi, a presença de Maria Santíssima que assim como em Medjugorje, sinalizou-me através de um forte e intenso perfume de rosas e me deu a graça de sentir o Seu amor e de Seu Filho Jesus, que carrego no meu coração.

Obrigada meu Deus por permitir que a Mãe do Meu Senhor venha até nós aqui no Brasil, na cidade de Londrina (PR), da mesma forma como vem a 30 anos em Medjugorje, para nos ensinar e nos levar a Jesus de Nazaré, nosso Redentor, nosso Deus Salvador!

O papel de Maria na nossa cura e libertação

Padre Alexandre Paciolli

Estamos perguntando, neste Congresso Mariano (2012), quem nós somos, o que estamos fazendo da nossa vida. Muitas vezes estamos fechados no nosso “mundinho”, isolados no nosso canto e a intenção deste Congresso é sair deste comodismo e dar um passo atrás, não de regresso, mas de como nós vemos o mundo e a Igreja.

Nós queremos que as promessas de Deus não demorem para acontecer, mas hoje nos estamos aqui para pedir que as promessas de Deus se cumpram na nossa vida, e Maria tem uma participação muito grande nas promessas de Deus. Não tem uma graça de Deus que eu receba que não passe pelas mãos de Maria. Maria é como um canal do céu, onde recebemos as graças de Deus.

São Luís Maria Grignion de Montfort dizia que “Deus Pais reuniu todas as águas e denominou mar, reuniu todas as graças e denominou Maria”.

Esta água que nós vamos mergulhar é o “mar das graças de Deus” que passa pelas mãos de Maria. Paulo VI dizia que se nós quisermos ser cristãos precisamos ser Marianos.

Analisando a vida de Jesus, nós vamos ver que em todos os momentos mais importantes da Sua vida, Maria estava presente. Irmãos a maior das graças que recebemos de Deus, por Jesus, se chama Maria. O maior dom que Deus nos deu se chama Jesus, mas Jesus veio por meio de Maria. Se essa graça, Jesus, O Salvador do mundo, veio por meio de Maria, imagina as outras graças que são pequenas em comparação com esta grande graça; será que as outras também não viriam por meio de Maria? As graças de Deus vem por Jesus, depois por Maria e a todos nós.

É promessa de Deus que “todas as gerações lhe proclamarão (Maria) bem aventurada”. E se é promessa, isto vai acontecer. Por isso, como você vê a presença de na sua vida para que essa promessa também se realize em você?

Nós vemos em tantas aparições, em que Nossa Senhora vem trazer ao mundo a vitória da Igreja, a vitória da nossa fé através dos triunfos de Maria. Os triunfos de Maria nunca vão acabar na sua vida, os triunfos de Maria nunca vão acabar na sua família.

As vezes as pessoas vem me dizer “padre, reze pelo meu filho(a) que está nas drogas que esta numa vida difícil”. Eu pergunto: “você ensinou a ele(a) o caminho de Nossa Senhora? Se você ensinou não se desespere, Maria vai triunfar e ele vai saber o caminho d volta”. Enquanto houver uma alma que precisa ser salva aí está Nossa Senhora.

Anúncios
 

Os comentários estão desativados.

 
%d blogueiros gostam disto: